Câmara defende permanência do Corpo de Bombeiros em Cabiúnas

Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020

Câmara defende permanência do Corpo de Bombeiros em Cabiúnas
Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020

Com a justificativa de diminuir custos, o Estado planeja fechar a unidade do Corpo de Bombeiros que está instalada em Cabiúnas, na Região Norte de Macaé. Diante desta possibilidade, o vereador Maxwell Vaz (SD) apresentou, na sessão da Câmara desta terça-feira (18), um requerimento para que o governador Wilson Witzel (PSC) reveja a medida. Com aprovação de todos os vereadores presentes, o documento também será encaminhado ao comandante da corporação.

Maxwell lembrou que a unidade foi construída por meio de convênio com a Petrobras, no local onde a Transpetro atua há 38 anos. “Os bombeiros estão instalados em um local estratégico, principalmente para ações de prevenção e combate a incêndios. A área está em franco crescimento industrial, além da grande população que mora nos bairros ao redor, como Lagomar e Engenho da Praia, o que justificativa a permanência.”

A economia de recursos, para o autor do requerimento, pode acontecer com outras iniciativas. “Reconhecemos que o governo vem adotando medidas para evitar gastos, mas reduzir custos com uma categoria tão importante, como o Corpo de Bombeiros, me deixa preocupado”, acrescentou.

Além da indústria petrolífera, Maxwell reforça a questão ambiental, uma vez que Cabiúnas fica nas proximidades da Restinga de Jurubatiba. “Em caso de incêndio, se não houver uma ação imediata, as consequências podem ser trágicas.”

Jornalista: Júnior Barbosa

Foto: Tiago Ferreira

Comunicação da Câmara



Mais notícias

01/04/2020 - Com emenda da Casa, vereadores aprovam Bolsa Merenda de 200 reais para alunos da rede pública municipal
30/03/2020 - Acordo entre bancadas garante auxílio de R$ 5,3 milhões a alunos da rede municipal
24/03/2020 - COVID-19: Maxwell reforça combate a pandemia
24/03/2020 - COVID-19: Call Center é interditado após solicitação
05/03/2020 - Prédio histórico em Macaé entra em processo de tombamento